A Rádio

Rádio Comunitária Bicuda FM 98,7 MHz – A Verdadeira Rádio Comunitária

Promover a educação ambiental, a democratização da comunicação e as expressões culturais da Zona Norte. São esses os objetivos da Rádio Comunitária Bicuda FM 98,7 MHz, o veículo de comunicação da ONG Bicuda Ecológica.Situada no bairro de Vaz Lobo, sua transmissão alcança parte de Madureira, Irajá, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Vila Kosmos, Colégio, Rocha Miranda, Guadalupe, Oswaldo Cruz, Campinho e Thomaz Coelho.

Após dez anos de negociação com o Ministério das Comunicações, a região da Leopoldina conquistou a primeira rádio comunitária que defende o meio ambiente e a conscientização do cidadão em 24 de outubro de 2008. Depois dessa vitória, a ONG iniciou intensa mobilização para arrecadar recursos e reconstruir o estúdio da Rádio Comunitária Bicuda FM 98,7 MHz.

A programação privilegia a música popular brasileira e busca a participação da sociedade civil na construção da grade de programação. Além da defesa da Serra  e de melhor qualidade de vida à população, a direção da Bicuda Ecológica não abre mão de uma conscientização através das ondas da Rádio. “Promoção da cidadania é um dos pilares de uma rádio comunitária. Nós não abrimos mão dessa prerrogativa”, afirma o coordenador da Rádio Bicuda FM 98,7, Carlos Osório.

No ar desde início de 2009, a população local tem demonstrado interesse pela Rádio Comunitária Bicuda FM 98,7 MHz, principalmente pelo estilo das músicas tocadas. A Rádio está aberta à população. Alguns moradores já fazem programas nela, como é o caso do apresentador Gilson Santos. Ele afirma que a Rádio Comunitária é um instrumento importante para difusão de ideias que não teriam oportunidade na grande mídia. Ela existe para reivindicações de moradores locais e para que os mesmos possam ser informados de assuntos que interfiram no seu cotidiano, completa.

No mês em que a licença da Rádio faz aniversário, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro entregou o Conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto, no dia 21 de outubro, pelo comprometimento com a busca da cidadania e melhor qualidade de vida.

A programação da Rádio traz informação, lazer e cultura à sociedade civil. Com isso, espera-se atender um público de diversas idades, satisfazendo a população e também melhorando o nível de conscientização da participação de cada cidadão na construção de uma sociedade mais igualitária, ciente de seus direitos e deveres.